oft gestellte Fragen

FAQ

1. Perguntas gerais e respostas relacionadas com válvulas de regulação

2. Perguntas especiais sobre as válvulas Mankenberg

 

1. Perguntas gerais e respostas relacionadas com válvulas de regulação

 

O que significa valor Kv?

O valor Kv é a grandeza de referência do débito de uma válvula. Mediante a definição seguinte, garante-se que as condições fundamentais relativas à capacidade de débito de uma válvula sejam iguais em toda a parte e os dados sejam comparáveis:

Definição

 

O que significa valor Kvs?

Em cálculos de engenharia, o valor Kv necessário calcula-se a partir das condições de funcionamento existentes. Este valor normalmente, à semelhança do que acontece na Mankenberg, é acrescido de 30%. O valor Kv da válvula devia atingir este valor Kvs.

 

O que é a pressão de admissão pv (p1)?
A pressão de admissão é a pressão no sistema antes da válvula.

 

O que é a pressão secundária ph (p2)?

A pressão secundária é a pressão no sistema depois da válvula.

 

O que é a pressão diferencial, Δp?

A pressão diferencial é a diferença entre a pressão de admissão e a pressão secundária. Se forem dadas gamas de pressão, deve tomar-se a pressão diferencial menor como determinante para o dimensionamento da válvula.

 

O que é a queda de pressão?

A queda de pressão indica a diferença de pressão activa entre a pressão de admissão e a pressão secundária efectivas.

 

Por que é que a velocidade de fluxo é importante?

Em função do fluido, são permitidas determinadas velocidades de fluxo nas tubagens. A par do valor Kv(s), a velocidade de fluxo é uma grandeza determinante para o dimensionamento da válvula.

 

O que é a gama de ajuste/gama de pressão?

A gama de ajuste/gama de pressão é a gama de valores dentro dos quais uma válvula pode ser ajustada ou aplicada.

 

Exemplo:

O dado: gama de pressão de 4 – 6 bar significa o seguinte nas válvulas abaixo:

  • Válvula redutora de pressão: a pressão de admisão pode ser ajustada entre 4 e 6 bar
  • Válvula de excesso de fluxo (reguladora da pressão de admissão): a pressão de admissão pode ser ajustada entre 4 e 6 bar
  • Válvula de purga e ventilação: a válvula pode ser aplicada em sistemas desta gama de pressão

 

O que é a relação de redução?

A relação de redução é a relação máx. das pressões de admissão e secundária que uma válvula pode reduzir num estágio.

Exemplo:

Relação de redução 20:1 (O dado na folha de dados da válvula é 20)

 

Exemplo:

Para a pressão secundária, o valor nominal 1,2 bar é o máximo admissível pv = 20 x 1,2 bar = 24 bar

 

O que é o assento da válvula?

O assento da válvula é o engaste de um orifício definido, pelo qual o fluxo do fluido a regular tem que passar.

 

O que é o cone da válvula?

O cone da válvula é um componente móvel que assenta no assento. Mediante o curso do cone, a válvula abre, estrangula ou fecha.


O que é uma válvula aliviada?

Numa válvula aliviada, as forças da pressão de admissão e da pressão secundária que apertam contra o cone são compensadas por uma superfície de alívio de igual dimensão. O comportamento de regulação da válvula é substancialmente melhor.

 

O que é a blindagem?

Para válvulas de regulação de pressão destinadas a líquidos e uma queda de pressão > 25 bar aprox., recomenda-se blindar o cone com metal duro. Assim previne-se o desgaste precoce derivado de cavitação.

 

O que é um circuito de comando?

O circuito de comando capta da tubagem a pressão de admissão ou a pressão secundária a regular e leva-a para o órgão de comando.
Nem todas as válvulas de regulação de pressão precisam de um circuito de comando. O circuito de comando também pode ser utilizado para regular pressões em pontos afastados da válvula.

 

O que é e como funciona o órgão de comando?

É através do órgão de comando que a pressão a regular é transmitida para a mecânica da válvula de regulação da pressão. A pressão que actua sobre a superfície de comando fecha (válvula reguladora de pressão) ou abre (válvula de excesso de fluxo) a válvula contra a força da mola.

Diferencia-se entre três tipos:

  • Diafragma
  • Êmbolo com gaxeta circular (O-ring) e outros anéis de vedação
  • Fole

Por que é que em certos casos é recomendável uma extensão da tubagem?

Muitas vezes, em termos de valor Kv(s) uma válvula está suficientemente dimensionada para um caso de aplicação no entanto, em termos de diâmetro nominal e das velocidades de fluxo dele decorrentes, é demasiado pequena. Velocidades de fluxo demasiado altas provocam ruído, aumento de pressão e desgaste. Até certo ponto, com um prolongamento da tubagem pode reduzir-se a velocidade do fluxo para uma velocidade admissível.
O prolongamento da tubagem tem que ser feito pelo cliente.


Por que é que pode ser necessário uma tubagem de fuga?                    

No caso de fluidos tóxicos ou perigosos, a válvula tem que estar equipada com uma tampa de mola fechada (com vedação por parafuso de ajuste) provida de uma saída para ligação à tubagem de fuga. Durante a montagem no terreno, há que instalar uma tubagem de fuga que, no caso de uma avaria do actuador, conduza a fuga/derrame do fluido para o exterior sem perigo.

 

Qual é a diferença entre uma válvula de purga ao arranque e uma válvula de purga permanente?                   As válvulas de purga ao arranque purgam as instalações de baixa pressão interna durante o arranque ou o enchimento das mesmas. O flutuador actua directamente sobre o cone. Dispõem de diâmetro de assento grande para garantirem a purgação rápida a menos de 0,1 bar de pressão. Durante o funcionamento, são conservadas fechadas pela pressão interna do reservatório. No caso da presença brusca de vácuo, as válvulas abrem-se e compensam a pressão. Isto impede danos provocados por vácuo. As válvulas de purga permanente são utilizadas para emanar o ar gerado durante o funcionamento. Dispõem de uma transmissão por alavanca de forma a que funcionam tanto com pressões reduzidas como altas. Desejando-se impedir a entrada de ar, instala-se uma válvula de retenção na respectiva saída. Nesse caso, actuam como puras válvulas de purga sem função de ventilação.


O que é Nm³ (metro cúbico padrão), Sm³ (metro cúbico padrão) e Bm³ (metro cúbico durante o funcionamento)?

Nm³: volume de um fluido (líquido ou gás) em estado padrão de 1 bar (abs) 20°C
Sm³: inglês: variante americana de Nm³ 
Bm³: volume do fluido (líquido ou gás) em estado de funcionamento ou seja, a pressão de regime e temperatura de funcionamento
Atenção: em gases, a diferença entre Bm³ e Nm³ muitas vezes é muito grande devido à compressibilidade destes fluidos. Aqui a diferenciação entre Bm³ e Nm³ é de suma importância.

 

Qual é a diferença entre uma válvula de segurança e uma válvula de excesso de fluxo?

A válvula de segurança tem por função descarregar seguramente o fluido a um valor nominal ajustado, durante um determinado alívio da pressão.
A válvula de excesso de fluxo (válvula de regulação da pressão de admissão) limita a pressão antes da válvula ao valor nominal ajustado (ou alterável). A válvula de excesso de fluxo só deixa passar o fluido necessário para se atingir o valor nominal.


Por que é necessário um circuito de comando?

A construção de algumas válvulas, requer circuitos de comando para conduzir a pressão de ajuste pretendida ao órgão de comando, em segurança. Os circuitos de comando podem melhorar as propriedades de regulação e são aproveitados para realizar aplicações especiais (pr. ex.. regulação de pressão diferencial, débito, vácuo)


Qual é a diferença entre uma válvula redutora de pressão e uma válvula de manutenção de pressão?

Ambas as válvulas mantêm constante a pressão ajustada. A válvula redutora de pressão a jusante, a válvula de manutenção da pressão a montante da válvula (UV=válvula de excesso de fluxo)

 

Quais são os parâmetros importantes para escolha do diâmetro nominal além dos valores Kv(s)?

Fluido, velocidade de fluxo máxima admissível, viscosidade e gama de pressão a regular

 

O que é o desvio à regulação e até que valor pode variar?

Na gama de 10% a 70% do débito possível, a variação da pressão e do valor de ajuste (psoll) não devia ser mais que ± 5%. O desvio à regulação indica a dimensão das variações.

 

2. Perguntas especiais sobre as válvulas Mankenberg

 

A Mankenberg também fornece válvulas segundo NACE (directiva de gás ácido)?

Sim, por ex. em material hastelloy C 4.

 

Há válvulas Mankenberg em materiais resistentes a àgua salgada/água do mar?

Sim, por ex. de materiais como titânio, 2 54 SMO = aço Avesta 1.4547, duplex 1.4462

 

É possível utilizar uma válvula de regulação de pressão como válvula de vedação?

Sim, mas não se devia porque há sempre fugas.

 

Há válvulas resistentes a ozónio?

Sim.

 

Há válvulas isentas de silicone?

Sim.


A Mankenberg fornece válvulas de acordo com os padrões ANSI / ASME?

As válvulas não estão concebidas segundo ANSI / ASME mas sim segundo a AD 2000. Os flanges estão furados segundo ANSI, os materiais são análogos ao padrão ASTM Standard

 

Como se instala uma válvula de regulação de pressão?

Genericamente, as válvulas de redução de pressão devem ser instaladas em tubagens horizontais; no caso de gases também podem ser instaladas em tubagem vertical. A montagem horizontal em tubagens verticais pode provocar uma regulação sem precisão e maior desgaste.

Gases: montagem possível em tubagens verticais com a tampa da mola para cima ou para baixo

Líquidos: montagem com a tampa da mola para baixo.Desta forma, evita-se a formação de almofadas de gás que levam à vibração da válvula.

Vapor: montagem com a tampa da mola para baixo, para proteger o diafragma de sobreaquecimento com a cobertura do condensado.

 

Qual é o significado da designação „DM505 1/2*250ST, 15E-0,5EV“?

Tipo da válvula, dimensão da conexão, nível da pressão nominal na entrada, versão, valor Kv, código dos elastómeros, gama de regulação, cone estanque, material

 

Por que é que os nossos separadores de condensado com flutuador são apropriados para aplicações em biogás?

As válvulas estão disponíveis com vedação flexível, o colector de condensado tem efeito vedante. A válvula é estanque a gás, é de aço inoxidável e não tem fontes de ignição.

 

Até que temperatura é que as nossas válvulas redutoras de pressão são apropriadas?

Em função do tipo, as válvulas redutoras de pressão Mankenberg são aplicáveis até 550 °C.

 

É possível ajustar as válvulas de regulação de pressão até à pressão de admissão/pressão secundária máxima admissível?

Não.

 

As válvulas de regulação de pressão são fornecidas já pré-ajustadas?

Não.

 

Quando a válvula estiver ajustada numa determinada pressão de saída, pode uma pressão de entrada variável influenciar o resultado da regulação?

Sim, dentro dos limites do desvio da regulação.


Por que é que o circuito de comando tem que ser instalado 10x o diâmetro nominal depois da válvula?

Para se poder minimizar a influência das turbulências à saída do fluido para fora da válvula.

 

Por que é que não posso ajustar 0,5 a 10 bar numa válvula redutora de pressão como na concorrência?

Porque não aceitamos as características de regulação inconvenientes que isso causa.

 

O diâmetro da tubagem é suficiente para determinar a válvula de purga?

Sim, se forem seguidas as instruções da folha de trabalho 334 da DVGW.

 

Por que é que eu devia optar por uma válvula „comandada pelo próprio fluido“?

A válvula trabalha de modo autárquico. Não é necessário instalar aduções de energia (não são necessários cabos eléctricos nem tubagens de ar comprimido entre outros). Isto poupa dinheiro e minimiza as fontes de erros.

 

Weiterführende Informationen

 
TopoImprimir